terça-feira, 2 de setembro de 2014

Sobre Marina Silva

Marina, candidata messiânica, voluntarista, contra os partidos políticos, diz que faz aliança com o povo. Diz ser independente,  ouve intelectuais liberais e se assessora com lideranças empresariais. Semeia a desesperança e se apresenta como a esperança da juventude e das pessoas descontentes com a política. Desponta como a novidade que resolverá os problemas nacionais sem se "misturar" com os políticos. Caiu a ficha??

Vi esse filme em 1989 e o resultado foi desestabilização politica da nação, um fraco presidente atleta, um jovem cercado de velhos ideais que confiscou a poupança do povo, envolveu-se em escândalos, saiu da presidência pelas portas dos fundos e colocou a política nas páginas policiais dos jornais. Vamos ter cuidado com quem anuncia o fim do mundo e se coloca como a única luz no fim do túnel por ela desenhado.

Nenhum comentário: